top of page
  • Foto do escritorMiguel Oliveira de Azevedo Barros

Não somos os únicos responsáveis - CRISE HÍDRICA (curta metragem)

Cidadãos comuns são tratados como os responsáveis pelos desastres ambientais que o mundo enfrenta atualmente. É claro, somos parcialmente responsáveis pela catástrofe que é o que o ser humano fez com o meio ambiente, mas qual o tamanho dessa parcela? Seríamos nós o voto decisivo que irá determinar se o planeta Terra sobrevive ou não? Ou esse papel é de grandes empresas, indústrias e daqueles que lucram dos nossos recursos naturais, mas não assumem responsabilidade pelas consequências do abuso do uso deles?


Miguel Barros, em seu vídeo, explora essa questão por abordar o problema da crise hídrica. O produtor audiovisual do JCB junta vídeos encorajando brasileiros a tomarem banhos curtos e fecharem suas torneiras e clipes ilustrando o impacto das indústrias agropecuária, automobilística e têxtil na escassez de recursos hídricos. O curta serve como um dos vários exemplos de como somos responsabilizados pelos problemas ambientais que enfrentamos, sendo que, na realidade, nosso impacto não é tão chocante quando comparado ao de indústrias como as previamente mencionadas.


Como seres humanos, temos uma responsabilidade com o planeta em que vivemos, o que significa que devemos reduzir o uso de plásticos, gasto de água, emissão de carbono, etc. Mas tudo isso será inútil se não pressionarmos aqueles que lucram do desastre ambiental e responsabilizam o cidadão comum a cuidarem da Terra também.


Confira:





Commentaires


bottom of page